sábado, 1 de abril de 2017

Emocionado, prefeito de Juazeiro inaugura escola municipal com nome de menina Beatriz Angélica


O prefeito de Juazeiro (BA), Paulo Bomfim, inaugurou nesta sexta-feira (31) mais uma Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI) – a terceira em sua gestão. Desta vez, no entanto, o momento foi especial. A unidade, localizada no Bairro São Geraldo, leva o nome da menina Beatriz Angélica Mota F.da Silva, assassinada brutalmente em Petrolina, no Colégio Maria Auxiliadora, onde estudava, em dezembro de 2015.
Os pais de Beatriz, Sandro Romilton e Lúcia Mota, além de irmãos da menina, participaram da solenidade.
Emocionado ao ouvir a mãe da Beatriz contar um pouco da vida de sua filha, o prefeito garantiu que vai continuar trabalhando para melhorar ainda mais a educação no município, incluindo a segurança nos estabelecimento de ensino.
“Quero ressaltar aos pais da pequena Beatriz que estamos à disposição, e garantir que vamos trabalhar para oferecer mais segurança nas nossas unidades escolares”, ressaltou Paulo.
A unidade, que antes funcionava a Escola Aprígio Duarte, foi reformada, ampliada e climatizada e vai atender cerca de 200 alunos da Educação Infantil, de 2 a 5 anos de idade. Os espaços foram adequados para o desenvolvimento integral da criança nos seus primeiros anos de vida, e dispõem de salas pedagógicas, cozinha, refeitório, pátio coberto, banheiros, parque infantil, entre outros ambientes adaptados às reais necessidades das crianças.

Agradecimento
Sandro e Lúcia agradeceram, em nome da família, ao prefeito, à equipe, à titular da Secretaria de Educação, Lucinete Alves, e aos pais dos alunos da EMEI pelo carinho. “É um dia especial e feliz para a nossa família. A gente recebeu este presente da Prefeitura, um equipamento tão importante com o nome da nossa querida filha, e que vai servir de modelo na questão da segurança para outras escolas. Acompanhamos as obras e tudo que solicitamos foi atendido, como a instalação das câmeras de segurança, por exemplo. Hoje é um dia também de muita saudade e lembranças, ao retornar a este ambiente infantil, lindo, feito tudo com muito capricho pela equipe da Educação. São atitudes como esta que nos fortalece. Beatriz hoje não pertence somente a nossa família, e sim a toda Juazeiro”, disse, emocionado, o pai da menina.
Na parte externa da creche, as crianças tiveram a oportunidade de brincar na cama elástica, brincar com palhaços, as personagens infantis preferidas da menina Beatriz, fazer pintura facial, com direito a picolé e pipoca.
O projeto que propôs o nome de Beatriz para a EMEI, de autoria do vereador Fábio Luiz Silva (o ‘Fabinho’), foi aprovado na Casa Aprígio Duarte Filho em dezembro de 2016 – um ano após o crime. Fabinho esteve presente à solenidade de hoje, bem como diversas outras lideranças políticas da cidade e representantes comunitários. (fonte/fotos: Ascom PMJ/divulgação)



Fonte e fotos: (Ascom PMJ)
Da Redação do Blog Paulo Benjeri


PUBLICIDADE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça um comentário

Todos os direitos reservados Blog Paulo Benjeri © Copyright 2013-2017

Veja também.