quarta-feira, 24 de maio de 2017

Caso Beatriz: Delegada quer ajuda da imprensa nacional para chegar a suspeito


Sandro Romilton e Lúcia Mota, pais da menina Beatriz Angélica Mota (assassinada em dezembro de 2015 no Colégio Nossa Senhora Auxiliadora, em Petrolina), participaram na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), no Recife, na manhã de hoje (24), de uma sessão conjunta com a Comissão de Cidadania e Direitos Humanos. Proposta pelo deputado Odacy Amorim (PT), a reunião contou com a presença da delegada Gleide Ângelo, responsável pelo caso.
Lúcia pediu para que seja criada uma Comissão com o objetivo de acompanhar o inquérito do Caso Beatriz. Já a delegada falou em ampla divulgação do caso na mídia nacional para chegar ao suspeito. “Pedimos em nome da polícia ajuda para uma campanha nacional, em todos os Estados, nos jornais de abrangência nacional”, falou Gleide.
Está previsto um protesto em frente ao prédio do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), na tarde de hoje.
Disque-Denúncia
O Disque-Denúncia de Pernambuco continua oferecendo R$ 10 mil de recompensa para quem tiver informações sobre a localização do assassino da menina.
Quem tiver informações que possam auxiliar a polícia na identificação do suspeito que aparece nas imagens pode entrar em contato com os investigadores através dos números abaixo: Ouvidoria SDS – 181 WhatsApp – (87) 9 9911-8104 Disque-Denúncia  (81) 3421-9595 (81) 3719-4545. (foto/reprodução Facebook)


Fonte: (Blog do Carlos Britto)
Da Redação do Blog Paulo Benjeri
PUBLICIDADE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça um comentário

Todos os direitos reservados Blog Paulo Benjeri © Copyright 2013-2017

Veja também.